Venezia, a ilha dos apaixonados!❤️

Venezia é um daqueles lugares que sempre passam pela mente dos casais apaixonados quando buscam um destino para visitar com o amor da sua vida, e  mesmo ela sendo invadida por milhares de turistas todos os dias, esta ilha no nordeste da Itália consegue manter o seu clima romântico e misterioso e oferece momentos inesquecíveis aos que a visitam.

O nosso cruzeiro termina aqui, escolhemos não descer novamente até Bari e desembarcarmos em Venezia, para que pudéssemos aproveitar bastante o lugar.

Venezia está na Região de Veneto e por mais de um milênio foi a Capital da República Sereníssima de Venezia, com um território que incluía seja grande parte do nordeste do atual País que as ilhas do Adriático. Tornou-se uma grande potência comercial a partir do século X com uma das maiores frotas da Europa, e o seu apogeu se deu no século XV. O seu império era comandado pelos Doges. Foi considerada a primeira capital econômica do Capitalismo.

Os elementos disponíveis relatam que Venezia foi sendo formada pelos refugiados de Padova e outras cidades vizinhas que escapavam das invasões germânicas. Alguns outros indicam a existência de pescadores na lagoa, os quais seriam os nativos da ilha. Assim foram se expandindo e criaram um sistema de aterro sobre as zonas alagadas. Venezia viveu sob o comando dos Bizantinos aos Austríacos até ser finalmente incorporada à Itália. Foi berço de grandes nomes como Vivaldi, Papas, grandes arquitetos e artistas. Por ter uma localização privilegiada ligava comercialmente o Oriente ao Ocidente, até quando os Portugueses descobriram uma rota alternativa pela África e abalaram o seu poder.

A cidade é coberta por 177 canais, 400 pontes, e 118 ilhas. O seu centro histórico é totalmente pedonal e a circulação acontece através dos barcos, único meio de transporte nesta parte da cidade. Por estar sempre isolado da terra firme obteve um eficiente sistema de defesa contra os ataques, porém sofre, ainda hoje, vários alagamentos, ou como eles dizem por aqui a “água alta”. Palafitas são erguidas todos os anos durante este período para facilitarem a locomoção dos pedestres. É praticamente impossível visitar coentro de Venezia e não se perder, portanto não se desespere quando isso acontecer com você, é normal e todos nós já passamos por isso. As vielas e becos nos confundem todo o tempo, principalmente porque a sinalização nem sempre é clara e objetiva como deveria. Outras ilhas que permeiam o imaginário popular são Burano, Murano e Torcello, e podem ser vistas em um bate e volta diário.

Vamos então à parte prática né?

COMO CHEGAR


Dá para se chegar em Venezia usando avião, trem, carros, ou os navios. Já usei todos eles! 😀

Várias companhias voam até a cidade e do aeroporto dá para se pegar um taxi, ônibus, alugar um carro (não aconselho) ou utilizar os barcos. Uma ótima opção para quem estiver visitando o País são os trens de alta velocidade, práticos, custo x benefício excelente! Duas empresas oferecem este tipo de transporte a Trenitalia (os trens são chamados de Frecciarossa ou Frecciaargento) e a Italo. Fiquem ligados nas promoções que as empresas de trem disponibilizam, tipo viajar em 2 e 1 só paga, ida e volta no mesmo dia tem desconto, ou em algumas estações do ano promoções de até 40% no valor. Quanto antes você comprar a passagem menos irá pagar! É ótimo!!

HOSPEDAGEM


Escolher um lugar bem localizado vai fazer toda a diferença durante a sua passagem por aqui, afinal, a maioria dos pontos a serem visitados estão na ilha central e lá ou se vai a pé ou de barco. Sempre que vou à Venezia fico no mesmo B&B, o Ca’ della Corte, pela localização (boa inclusive para quem chega de carro e tem que deixar o mesmo estacionado fora da ilha principal – custo médio do estacionamento 20 euros por dia), pelo preço e principalmente porque sempre fomos muito bem tratados, além do lugar ser super charmoso!

LOCOMOÇÃO


Como se sabe Venezia é formada por algumas ilhas, sendo assim o meio de transporte mais utilizado por aqui são os barcos, sejam eles privados, públicos, grandes, pequenos, enfim, serão sempre eles. O ideal, caso você queira utilizar o transporte público, é fazer o “abonamento”, é uma espécie de passe que te permitirá circular usando os meios públicos sem ter que pagar para cada subida em um dos barcos. Fiz um de 24h e paguei 18,00 euros. E no mais é bater perna mesmoooooo!!

transporte veneza

O QUE FAZER EM VENEZIA


Há alguns monumentos, ilhas e passeios indispensáveis durante a sua visita à cidade, vamos a eles:

PIAZZA SAN MARCO:

Ela é o centro deste lugar. Todos em algum momento da viagem passarão por ela. Mesmo não sendo arborizada como as demais praças centrais em outras cidades, os pombos fazem a festa. Gente, que me perdoem os ambientalistas mas eu detesto pombo, acho um bicho tão sujo, e fico com raiva quando vejo aquele monte de gente dando comidinha para eles. Aliás, o próprio governo da cidade tem espalhado placas pedindo que as pessoas parem com esse hábito.

Na praça estão 2 dos monumentos que devem ser visitados (e onde sempre há fila): a Basílica de São Marco, linda, enorme, e cheia de detalhes (estejam cobertos o suficiente para não terem que comprar aquele pano para cobrir o que for solicitado). E o Campanário ( 8,00 euros), a torre mais alta da ilha e de onde se tem uma vista simplesmente estonteante!!

Ainda por aqui há vários cafés, lojinhas de souvenirs e a torre do relógio. Nos cafés, uma vez que se senta na parte externa, se paga um certo preço e CUIDADO, todos os anos os jornais falam sobre fraudes e tentativas de golpes ou preços exorbitantes aos turistas! Portanto, confiram direitinho a conta!!!!

venezia

praça sao marco venezia

campanario venezia

san marco veneza

veneza

veneza details

veneza

PASSEIO DE GÔNDOLA:

Vir à Venezia e não andar na gôndola é como ir à Roma e não ver o Papa. Principalmente para as mulheres, que se desmancham por um passeio com o amado pelos canais da ilha com um gondoleiro lindo em trajes típicos cantando para ela. É super romântico, o visual é incrível, temos uma outra percepção do lugar, o tempo escorre lentamente e não podemos não aproveitar. Pagamos 80,00 euros pelo pequeno passeio, que saiu da Piazza San Marco, passando sob a Ponte do Último Suspiro (outro ícone local) e seguindo por pequenos canais até chegarmos de volta à Piazza.

venezia gondolas

gondola venezia

gondola venezia

gondolas venezia

gondola veneza

gondola veneza

RIALTO:

Esta é a ponte mais concorrida de Venezia, conseguir tirar uma foto sozinho nela é praticamente uma missão impossível! Vive repleta de turistas. Foi construída em 1591 e foi a primeira a transpor o Canal Grande. Ao seu redor estão vários restaurantes com sacadas debruçadas sobre o canal, ideais para um jantar romântico, e também o mercado, que já foi inclusive um dos mais importantes do mediterrâneo, e onde a cada dia, bem cedinho, os chefes chegam para reabastecer os restaurantes, então se você é desses que curtem o lado gastronômico da viagem, não deixe de passar por ele!

rialto

veneza

Esses são os principais pontos dentro da ilha principal que os turistas que permanecem pelo menos 3 dias podem, e devem, visitar. Porém Venezia ainda está repleta de museus, cassinos, escolas de arte, durante o carnaval vários momentos de enlouquecer com pessoas vestidas à caráter. Aqui ainda acontecem o festival de cinema e de literatura. Além de tudo isso ainda usamos Venezia para fazermos bate e volta em outras ilhas que atraem pelos objetos produzidos em uma delas e a outra pelas cores que encantam a todos nós, mas elas virão no próximo post.

Cada vez que venho à Venezia volto para casa saudosa, aliás fico sem querer voltar para casa. É sempre magnífica, majestosa, misteriosa, e me encanta, proporciona aos meus olhos detalhes que nenhum outro lugar do mundo ainda superou. Eu simplesmente AMO este lugar! ❤

veneza

veneza

venice venezia veneta

veneza

veneza

venice

venice

venice

venice

venice

venice

veneza

Caso estejam querendo montar um roteiro de diferentes lugares na Itália, ela pode ser combinada facilmente com a Toscana e Roma, e ainda pode servir de ótima conexão com a Áustria ou a Suíça.

Anúncios

Um comentário sobre “Venezia, a ilha dos apaixonados!❤️

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s