ASWAN

Terceiro dia de expedições e já temos algumas baixas, a diarréia, mal-estar e febre se abateram sobre alguns do nosso grupo. O calor aumenta, e alguns não estão suportando, além do que, o medo de comer e beber aqui no Egito impede as pessoas de estarem tranquilas. Há quem lave os dentes com água mineral. O que se ouve aqui é: “não como isso, não como aquilo”. Bem, pode ser relativo, eu estou comendo tudo, bebendo inclusive suco de fruta natural, verdura crua, fruta também, lavo os dentes com água torneiral, e por enquanto estou muitíssimo bem! Talvez eu tenha adquirido os anti-corpos necessários (risos).
Chegamos em Aswan durante a noite, são quase 2:00hs da manhã e a praça à nossa frente está repleta de gente, inclusive crianças. Como durante o dia faz muito calor, as pessos saem mais à noite, e muitas delas por não terem ventilador ou ar-condicionado em casa, vêm tomar um ar na praça.
Esta cidade era chamada pelos Gregos de Elefantina, foi a Capital do I Nomo do Alto Egito, quando era também conhecida como Syene. Foi também famosa pelas suas produtivas PEDREIRAS, as quais possibilitavam as construções de templos, obeliscos, colossos, e etc. com o seu famoso granito vermelho, o sienito. É em uma dessas pedreiras que se pode ver o obelisco inacabado, que seria dedicado à Rainha Hatchepsut, teria sido o maior de todos não fossem as rachaduras que o impediram de ser concluído. Aswan é a cidade mais importante do Alto Egito, está ao norte da primeira catarata do Nilo, e ao sul se estende a região da Núbia (sobre a qual falarei no próximo post). Não é uma cidade rica em antiguidades, porém a sua atmosfera e localização a tornam fascinante.

egito 2010 594
egito 2010 595
egito 2010 597
Numa cenografia sugestiva de rochas graníticas, na Ilha Sagrada, domínio da Deusa Ísis, surge o Templo de Philae. Um dos três templos ptolemaicos mais bem conservados (os outros dois são o de Edfu e o de Dendera).
O culto à Ísis na ILHA DE PHILAE remonta à tempos muito antigos, quando os Egípcios tinham a tradição de, pelo menos uma vez na vida, irem em peregrinação à Ilha, por acreditarem que era alí que começasse a milagrosa e benéfica inundação do Nilo.
O templo que hoje pode ser visitado não está no seu local original. Depois da construção da Barragem de Aswan, o templo foi inundado (assim como tantos outros). Desta forma o  mesmo foi reconstruído 300 metros mais ao norte do original.
Pegamos um barco e seguimos até Ilha, toda a atmosfera durante a navegação, e depois a chegada ao local já nos encanta. No templo em si a mesma coisa. A vista é linda, há todo um clima de romantismo no ar, só ter vindo até aqui já valeu a parada…
Ainda falando na Barragem, ela deu origem a um gigantesco lago, o Lago Nasser, com 500 quilômetros de comprimento (é o mar da Núbia), é o segundo maior do mundo. A visita sinceramente pode ser pulada, eu fui mas não gostei. Primeiro não podemos circular tranquilos porque é um local militar, fotos são permitidas só na panorâmica, e zoom de longo alcance nem pensar! Dentro desse lago se reproduziram tantos crocodilos que o Governo está estudando a possibilidade de liberar a caça ao animal.
egito 2010 536
egito 2010 501
egito 2010 504
egito 2010 506
egito 2010 507
egito 2010 509
egito 2010 513 templo de isis
egito 2010 525
egito 2010 537
egito 2010 539
egito 2010 545
egito 2010 561
egito 2010 562
egito 2010 565
egito 2010 571
egito 2010 570
Aqui também pudemos visitar uma das mais importantes produções de ESSÊNCIAS, perfumes e óleos medicinais da cidade. Dá para se perder em meio a tantos aromas. Durante a explicação sobre o funcionamento dos óleos nos foi oferecido chá, bebidas geladas, e massagens para a comprovação do efeito dos tais “medicamentos”. Quem fez saiu quase “zen”. Homens podem ser massageados somente por homens, e mulheres só por mulheres. Eu me fartei, como adoro medicina alternativa comprei óleo pra tudo. Cada vidrinho de 70 ml, com essência ou óleo medicinal custa em média 30 Euros. Quando fui pagar a conta fui confundida com Marroquina, depois chutaram que eu era Egípcia, e aí no final das contas quando revelei a minha origem, ai ai ai!!! Ah! Quem vier a essa loja sem dinheiro suficiente para pagar a conta, eles permitem que a mesma seja paga no hotel ou barco, então é só deixar o número e nome que eles vão atrás de você depois.
egito 2010 577
egito 2010 578
egito 2010 580 Bom a manhã foi repleta de visitas, eu seguindo sozinha (como já expliquei acima), e a tarde me reserva grandes emoções, terei o meu “Happy Hour” com os Nubianos, e isso merece um posto só seu! Salamo Aleko!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s