KOM OMBO e o encantador de cobras.

Antiga Pa-Sebek, esta cidade se encontra entre Assuan e Edfu (60 quilômetros ao sul). O seu antigo nome significava a “Morada de Sebek”, o Deus com características de Crocodilo, que já era adorado desde a época pré-dinástica.

Por falar no “Deus Crocodilo”, tenho que lhes passar a informação dada pelo nosso guia: os Deuses eram escolhidos pelas carcterísticas que deveriam ser veneradas, como a fertilidade, a proteção, etc. Assim, cada animal local que tivesse essas características destacadas simbolizava um Deus. Portanto os antigos Egípcios não adoravam o animal, e sim o seu poder, a sua qualidade.

Dito isso, voltemos à Kom Ombo. O Templo está bem próximo ao local onde os barcos param, dá para ir a pé. Trata-se de um templo duplo, um dedicado a Sebek (Deus da fertilidade e criador do mundo), e o outro dedicado a Haroeris, ou “Horus, o grande” (Deus Solar guerreiro). Foi fundado durante a XVIII dinastia. Lá há uma espécie de túnel, que se abria ao Nilo, permitindo a entrada dos crocodilos no Templo, para que os mesmos pudessem ser idolatrados.

Ainda aqui encontramos o primeiro Calendário. Com dias, meses, anos e estações, estabelecidas de acordo com a época das colheitas. Também vimos a figura de uma mulher dando a luz, na posição que ainda hoje usamos durante o parto. Na parte externa há, em um dos muros, a primeira receita médica, ilustrada com imagens, inclusive de equipamentos cirúrgicos. Realmente o Egito possui riquezas inestimáveis, é o berço da civilização.

Ao lado do Templo encontra-se o Museu do Crocodilo, e uma bela pracinha com tendas em palha, mesas, bares, ventiladores gigantes que lançam aromas no ar, e claro, muitas bancas vendendo de tudo que o artesanato local nos possa oferecer.
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
egito kom omboegito kom ombo
egito kom ombo
egito kom ombo
Quando estávamos nós voltando para o barco, eis que surge o “Encantador de Serpentes”, e eu não poderia passar direto, não é mesmo? Nos sentamos ao seu lado, e o senhor fez subir 1, 2, 3 cobras. Depois as colocava pelo nosso corpo. Eu estava tranquila até uma delas se empinar para mim. Ai meu Deus!!!! Não sabia o que fazer. Depois das várias caretas de nojo e pavor, eu sobrevivi!
egito encantador de cobras
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s