._. Capri ._.

Cá estamos nós novamente acordando em Napoli, o céu está totalmente limpo, colorido de um azul intenso, os passarinhos passam cantando pelo terraço do nosso hotel, de onde podemos ver as cúpulas, castelos, torres, e de onde também podemos sentir o cheiro que esta cidade exala de café da manhã, o barulho dos carros já enlouquecidos pelas ruas, e das tantas motos que percorrem as vielas.

Mas este post não será sobre Napoli, já falei dela aqui. Hoje embarcaremos para a ilha mais charmosa da Itália: CAPRI! ❤

O nosso hotel foi estrategicamente pensado para o tipo de viagem que queríamos fazer, ele teria que ser perto dos pontos de acesso e de embarque para os outros lugares que queríamos visitar, e também em um ponto ideal na cidade de Napoli. E principalmente, que tivesse um estacionamento por perto. Automóveis não são permitidos em Capri (com as suas devidas exceções), por isso deixamos o nosso no estacionamento (fizemos um pacote por todos os dias que queríamos deixar o carro, tudo já estava pago e tínhamos uma nota fiscal conosco que nos permitia entrar e sair quando quiséssemos, muito prático).

COMO CHEGAR


Saindo de Roma: da Estação Termini saem trens a cada hora (de alta velocidade ou regionais) com destino a Napoli, o preço e a demora da viagem vão depender do tipo de serviço e do trem, claro! Chegando em Napoli Centrale dá para pegar um taxi (e em 10 minutos mais ou menos se chega ao porto) ou pegar o tram linha 1 na parada da praça Garibaldi na frente da Estação. Dá para checar os horários e comprar as passagens antes dos trens saindo de Roma na Trenitalia (alta velocidade ou regionais) ou Italo (cia privada de alta velocidade com promoções bem legais). Caso compre a passagem para o trem de alta velocidade, seja pontual, se perder tem que comprar um novo bilhete. Os regionais não, o importante é que você ainda não tenha convalidado a passagem, e pode pegar qualquer um do mesmo tipo.

Saindo de Napoli: o porto de onde saem os barcos para a Ilha estava há poucos minutos de caminhada do nosso hotel. Ele é chamado de Molo Beverello, bem na frente do Castelo Maschio Angioino, é a melhor opção pois tem as embarcações mais rápidas. Geralmente a fila é grande, se você pretende fazer como nós fizemos, passar o dia lá, tente pegar o barco cedo para poder aproveitar o máximo possível. Clica aqui para detalhes sobre horários e preços (saindo de Napoli). Tem um guichê para pagamentos em cash que geralmente tem menos fila, se querem ganhar tempo levem a grana pronta.

A viagem geralmente é muito tranquila, e rapidinho chegamos, cerca de 45 minutos. Eu desta vez não tive tanta sorte, sentei na frente e cochilei, resultado, fiquei mareada e o resto da história vocês podem imaginar. Então a dica é: sentem no fundo, de preferência perto da janela para focar num ponto fixo, estejam bem alimentados e aproveitem melhor a travessia. Caso passem mal como eu, ter um saquinho na mão ajuda e ir para fora do barco vai dar aquela reanimada!!

Chegando em Capri, na Marina Grande, as opções são:

  • pegar um guia (alguns já no barco oferecem o serviço);
  • comprar o passeio para a GROTTA AZZURRA (como este tour depende da maré, é ideal verificar o horário assim que chegar para não perder a possibilidade de fazê-lo);
  • fazer o giro da ilha em barcos privados ou em tours organizados;
  • pagar pelo taxi que te leva até uma espécie de terminal lá em cima;
  • pegar o funicolare (atenção aqui, os bilhetes são vendidos do lado direito de quem chega, na bilheteria, mas o teleférico fica do lado esquerdo), o ideal é comprar ida e volta ou quantas vezes você tenha em mente que vai usar este transporte,
  • ou subir a pé (não aconselho para quem queira fazer Capri em 1 dia).

O QUE VER


 Capri é uma ilha, portanto muito do que se possa fazer aqui está ligado à água. Os passeios mais famosos são a GROTTA AZZURRA e o GIRO DA ILHA. Como falei anteriormente, é legal assim que chegar verificar os horários e possibilidades para fazer este passeio. Tudo vai depender da maré e de quanta grana você queira gastar.

grotta azzurra capri island

 Outro atrativo em Capri é o GIARDINI DI AUGUSTO. Foi iniciado no século XX por um industrial Alemão, que tinha a intenção de alí construir uma villa. Após a I Guerra Mundial passou a se chamar Giardini di Augusto, em homenagem ao primeiro Imperador Romano. Além de alguns exemplares da flora local, o jardim nos oferece uma vista sensacional da ilha, das suas águas azul cobalto cristalinas e dos lindíssimos FARAGLIONI DI CAPRI, marca registrada do lugar.

giardini di augusto capri

giardini di augusto capri

Brenda-Giardino di Augusto

Capri-Giardino di Augusto1

giardino di augusto capri

I Faraglioni di Capri

ONDE COMER


Já falei algumas vezes que nesta parte da Itália é difícil se comer mal. Em Capri há diversas opções de restaurantes, próximos da praia, no alto da montanha, pelas ruelas do centro, tem para todos os gostos e bolsos (mas considere que Capri não é um destino tão barato).

Se a pedida for um lugar mais charmoso, e com ótima comida vá ao Da Paolino na Via Palazzo a Mare, 11. Os pés de limões dão um toque todo especial à refeição.

da paolino

Para quem quer curtir a praia Le Sirene na Marina Piccola ou La Fontelina em Faraglioni. O primeiro, pelo menos quando fui, estava mais tranquilo.

le sirene capri

crystal water capri

le sirene capri

Se a sua vontade é de somente deitar na “areia/pedra”, relaxar sob o sol e nadar nessa água maravilhosa (porém fria), há praias livres, uma na chegada ao lado da bilheteria do funicolare, outra na Marina Piccola (prefiro), onde você chega com o seu kit e aproveita o dia (a galera aqui leva tudo, até espumante). Ou você vai para as estruturas privada como os 2 restaurantes de praia que indiquei acima, eles vão te fornecer espreguiçadeira, sombreiro, lá você já pode fazer a refeição, e tem serviço de bar. Tudo vai depender do quanto esteja disposto a desembolsar.

Para as enlouquecidas por compras, Capri está cheia de lojas incríveis por todos os lados das charmosas ruas do centro. Das mais renomadas grifes internacionais à lojas locais. Entre uma e outra vale uma parada para o sorvete na sorveteria que faz o seu cone na hora, fresquinho, fresquinho. Vocês irão notar a fila na frente dela.

Quem for voltar no mesmo dia, como fizemos desta vez, é importante considerar todo o tempo que se perde para descer até o porto e não arriscar perder o barco. Quem for ficar na ilha vai aproveitar o pôr-do-sol magnífico e quando a noite cai, ver as pessoas super charmosas passeando pelas ruas da ilha, sentar para um aperitivo, jantar em um dos restaurantes legais daqui, e respirar aquele ar deliciosamente fresco, inspirador e super romântico.

Aproveitem este pedacinho de paraíso!

capri marina piccola

gabiano capri

flowers capri

CAPRI island

tramonto-faraglioni capri sunset

The Moon capri amalfi coast

From Capri with Love ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s